Uncategorized

Gestão de estoque: como evitar produtos “encalhados”?

Você costuma ficar com produtos "encalhados", que parecem não ser vendidos de nenhuma maneira? Uma boa gestão de estoque é fundamental para evitar que isso ocorra. Assim, você mantém a rotatividade das mercadorias e não tem prejuízo com peças paradas. Mas, afinal, como é possível estimular a saída desses produtos e evitar que isso ocorra novamente? É o que vamos explicar neste artigo.

Você costuma ficar com produtos “encalhados”, que parecem não ser vendidos de nenhuma maneira? Uma boa gestão de estoque é fundamental para evitar que isso ocorra. Assim, você mantém a rotatividade das mercadorias e não tem prejuízo com peças paradas.

Mas, afinal, como é possível estimular a saída desses produtos e evitar que isso ocorra novamente? É o que vamos explicar neste artigo. 

Ficou interessado? Então, continue a leitura e entenda as melhores práticas para evitar e se livrar de produtos encalhados e obter maior lucro com o seu negócio!

Afinal, o que é gestão de estoque?

O estoque é um dos aspectos de negócio que merece atenção especial, mesmo nos pequenos negócios.

A gestão de estoque é o momento em que a empresa consegue promover a organização e o controle de suas mercadorias em determinado espaço e tempo.

Com ela, é possível compreender melhor suas demandas e determinar as necessidades de reabastecimento.

A intenção da gestão de estoque é evitar a falta ou o excesso de mercadorias, pois isso pode representar prejuízos para o caixa da empresa.

A gestão de estoque pode ser entendida também como o processo que envolve a definição do tipo de estoque a ser utilizado, as metodologias de organização e a realização de inventário.

Assim, a gestão de estoque tem como objetivo alcançar o equilíbrio entre compras, armazenamento e entregas. Para isso, é feito o controle de todas as mercadorias que entram e saem e da frequência com que isso acontece.

Mas vamos ao ponto principal desse conteúdo…

Produto parado no estoque é prejuízo

Para entender melhor e sermos mais específicos, separamos dicas, que vão desde as famosas queimas de estoque até a revisão da descrição do produto, para ajudá-lo a se livrar dos itens que teimam em permanecer no seu estoque por longo tempo:

1. Faça relatórios e acompanhe dados – Gestão de estoque

Nós sabemos que relatório já nos remete à burocracia e gastar um tempão fazendo isso e  analisando, mas é muito importante que você entenda o porquê dessa ferramenta ser tão essencial!

Um relatório bem-feito dos produtos com maior e menor rotatividade fará com que você saiba os artigos que merecem atenção especial. Além disso, você pode identificar os itens que estão parados por mais dias e tentar entender o motivo e, assim, otimizar sua gestão de estoque e estratégia de venda.

Por exemplo, o preço não está muito elevado em relação ao mercado? Há muitas reclamações em relação ao item? Busque indícios que possam te ajudar a tomar uma medida eficiente.

Fique sempre de olho, também, na data de validade de produtos perecíveis, que é outro ponto importante para não perder mercadorias.

2. Avalie a descrição dos itens

Mais uma vez a descrição e fotos dos produtos aparece como peça fundamental para as vendas. Certifique-se de que os itens da sua loja foram descritos da melhor forma possível.

Muitas vezes, um produto pode ser deixado de lado por falta de informação ou boas fotos.

Experimente mudar os títulos ou todo o texto e veja se isso traz impacto positivo nas vendas. Outra forma eficaz de ajudar na saída dos itens encalhados é destacá-los na sua loja virtual, dando-lhes maior visibilidade. Pequenas mudanças podem fazer grande diferença.

3. Aposte nas promoções

Esta é uma medida de curto prazo eficiente para vender produtos parados. Você pode oferecer bons descontos em relação ao preço original, mas faça as contas para não ficar no prejuízo.

É importante que você determine prazos para as promoções e não mantenha o preço atrativo por muito tempo, para que os compradores não se acostumem ao valor e a ação acabe perdendo a credibilidade.

Faça, ainda, uma ampla divulgação para atrair o maior número de consumidores. As redes sociais e ter uma vitrine ou loja virtual são ótimos aliados para ajudar a espalhar o período em que seus produtos estarão com o preço reduzido.

4. Ofereça vendas combinadas

Outra opção inteligente é associar um produto em promoção a outro vendido em sua loja pelo preço normal. Por exemplo: se você precisa vender sucos, aproveite o salgado para fazer uma venda dupla. Por mais que o consumidor não esteja procurando por suco, a chance de sua promoção “salgado+suco” fazer sucesso é muito maior.

5. Pense na teoria da cauda longa

Você pode, ainda, apostar nessa conhecida estratégia. Aqui, o mais importante não é vender uma grande variedade de um único produto popular, e sim comercializar menores quantidades de variados itens, trabalhando com nichos.

Dessa forma, pense em que tipo de comprador poderia gostar daquele produto que você precisa eliminar do seu estoque e faça ações direcionadas a ele.

Por exemplo, você tem uma loja de moda feminina em geral, mas precisa liquidar algumas calças jeans de tamanho maior. Que tal uma ação voltada apenas para o público plus size?

6. Negocie com o fornecedor

Ter bons parceiros faz toda a diferença para você ter um negócio lucrativo. Por isso, busque fornecedores que permitam a renegociação de mercadorias que estão paradas por muito tempo ou, ainda, que façam uma recompra.

Eles ainda podem ajudá-lo com divulgação e ações que façam o estoque desencalhar, pois conhecem bem o público-alvo de seus produtos.

7. Crie um outlet em seu site

É cada vez mais comum encontrar lojas virtuais que têm outlets permanentes em seus sites.

Outlet é a denominação para um mercado de vendas a varejo, no qual os produtores e industrias vendem seus produtos diretamente ao público e geralmente com um preço inferior ao que é oferecido nas lojas.

Essa ideia é uma ótima forma de acabar com o estoque de antigas coleções, por exemplo, que ficaram empacadas.

Mas tenha cuidado para a estratégia não dar errado e afetar suas vendas. É interessante que apenas as peças que sobraram em seu estoque sejam colocadas com descontos, assim, os consumidores não deixarão de comprar os produtos com o valor original esperando até que eles cheguem no saldão!

Se você já faz parte da Pertinho de Casa, você pode selecionar e classificar os produtos nos serviços que quer que apareça como promoção!

8. Entenda as motivações do consumidor

Todo produto vendido supre alguma necessidade do cliente. Por isso é importante que os produtos da sua loja supra essa falta.

Pense naquilo que você tem encalhado no estoque e em como pode se tornar algo importante para os clientes da sua loja. Essa postura fará com que você consiga trabalhar o lado emocional do consumidor, gerando gatilhos e fazendo a compra desse produto fazer muito mais sentido para o consumidor.

9. Feche parcerias

Fazer parcerias é uma excelente forma de estimular a venda de produtos parados. Você pode dividir a sua comissão com o seu parceiro e, até mesmo, se oferecer para vender ou divulgar os produtos da outra parte. Assim, todo mundo ganha! 

A gestão de estoque é fundamental para evitar o prejuízo e manter a saúde financeira da sua empresa. Aposte nas nossas dicas para garantir a rotatividade das suas mercadorias e lucrar muito mais com o seu negócio!

Sua loja virtual está com algum produto encalhado no estoque? 

Aproveite essas dicas de Gestão de Estoque e de Vendas e livre-se deles já!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s